top of page

PREVISÕES PARA EL NIÑO E ENTRADA DO LA ÑINA EM 2024 E A IMPORTÂNCIA DO DPS NESTA ÉPOCA DO ANO

Atualizado: 19 de abr.

À medida que nos aproximamos do final de 2023, os olhos dos meteorologistas e cientistas climáticos de todo o mundo estão voltados para o Oceano Pacífico, buscando sinais indicativos da transição do fenômeno El Niño para La Niña. Este ciclo natural de aquecimento e resfriamento das águas do Pacífico tem implicações significativas para o clima global, afetando padrões de temperatura, precipitação e eventos climáticos extremos em várias partes do mundo. Em meio a essas mudanças, o papel do Dispositivo de Proteção contra Surtos (DPS) torna-se de extrema importância, especialmente em áreas susceptíveis a tempestades e eventos climáticos intensos.

Previsões para El Niño e La Niña em 2024

O El Niño, caracterizado pelo aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico Equatorial, tem sido associado a uma série de eventos climáticos extremos, incluindo secas, tempestades intensas e ondas de calor. Tradicionalmente, este fenômeno ocorre a cada dois a sete anos, mas a variação é grande, e a intensidade e duração podem variar significativamente.

Para 2024, os modelos climáticos começam a indicar uma possível transição para a fase La Niña no final do ano. La Niña é o fenômeno oposto ao El Niño, marcado pelo resfriamento das águas do Pacífico, o que frequentemente resulta em um aumento de precipitações em algumas regiões, enquanto outras podem experimentar secas mais severas. Essas previsões, ainda que incipientes, são cruciais para o planejamento agrícola, gestão de recursos hídricos e preparação para desastres naturais.


A Importância do DPS


Diante da previsão de tais fenômenos climáticos, a proteção de infraestruturas críticas e residências contra surtos elétricos torna-se fundamental. O DPS é um componente essencial, protegendo equipamentos e sistemas elétricos contra danos causados por sobretensões, que podem ser frequentes durante tempestades elétricas associadas a ambos os fenômenos climáticos.


Durante o El Niño, o aumento da atividade de tempestades pode levar a um maior risco de raios e surtos de tensão, enquanto a La Niña pode intensificar certos tipos de tempestades, especialmente em regiões tropicais e subtropicais. A instalação de DPS em sistemas elétricos residenciais, comerciais e industriais oferece uma significativa proteção contra surtos, minimizando o risco de danos a equipamentos valiosos e prevenindo interrupções no fornecimento de energia.


Preparação é a Chave

A previsão antecipada dos fenômenos El Niño e La Niña permite que governos, empresas e cidadãos tomem medidas proativas para mitigar seus impactos. Além da implementação de DPS, outras estratégias incluem a revisão de planos de gestão de emergências, a adequação de práticas agrícolas às previsões climáticas e o fortalecimento de infraestruturas críticas.

Em última análise, a adaptação e a preparação são fundamentais para enfrentar os desafios impostos por esses fenômenos climáticos. À medida que continuamos a avançar na compreensão científica do El Niño e La Niña, também devemos priorizar o investimento em tecnologias e estratégias que protejam nossas comunidades e economias dos seus impactos.

Em conclusão, enquanto olhamos para 2024 com uma mistura de expectativa e precaução, nós da Embrastec, reconhecemos a importância de cidadãos, profissionais do setor elétrico e as variadas instituições públicas e privadas estarem preparados. A implementação de DPS em áreas vulneráveis é apenas um aspecto dessa preparação, mas é um passo vital na proteção contra os efeitos adversos dos fenômenos climáticos que nos esperam. Associada à proteção, há um desafio em reduzir queimas e danos em equipamentos de alto custo, além de reduzir impactos ambientais por descarte prematuro de eletrônicos.

Precisa de soluções em DPS ou gostaria de falar com um especialista Embrastec? Fale conosco:

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Sistemas de Proteção Contra Descargas Atmosféricas SPDA

Descargas atmosféricas, também conhecidas como relâmpagos ou raios, são cada vez mais frequentes no Brasil. Para enfrentar essa ameaça, foi publicada em 2015 uma nova versão da norma técnica ABNT NBR

Proteção de Sistemas Fotovoltaicos em Edifícios

O Papel dos Dispositivos de Proteção contra Surtos em Sistemas Fotovoltaicos. A energia gerada por um sistema fotovoltaico (SFV) é uma solução cada dia mais adotada para suprir demandas energéticas de

Comments


bottom of page